MPF pede indenização de R$ 50 mil a Chris Tonietto após post discriminatório

MPF pede indenização de R$ 50 mil a Chris Tonietto após post discriminatório
Deputada é alvo de uma ação do MPF por discriminação | Foto: Maryanna Oliveira/Câmara dos Deputados

O Ministério Público Federal (MPF) propôs ação civil pública contra a deputada federal Chris Tonietto (PSL-RJ) por prática de discriminação contra a população LGBTTQIA+. Segundo a procuradoria, a parlamentar postou no dia 12 de junho de 2020 uma mensagem de caráter discriminatório, que associava a prática de pedofilia a pessoas homossexuais.

Na ação, o MPF pede que a deputada seja condenada ao pagamento de uma indenização de R$ 50 mil por danos morais coletivos. “A publicação induz falsamente a opinião pública a acreditar que todo o grupo de pessoas homossexuais seria propenso a cometer os graves crimes que giram em torno da pedofilia, gerando preconceito e reforçando estigmas”, pontuam os procuradores regionais dos Direitos do Cidadão, Ana Padilha, Julio Araujo e Sérgio Suiama.

Leia mais: Crusoé mostra como a corte do STF volta a ser palco de troca de farpas entre ministros, intrigas e até ameaças após o julgamento da reeleição no Congresso.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO