ACESSE

MPF pede quebra de sigilos de assessores de Flávio

Telegram

A Veja noticia que o MPF do Rio de Janeiro pediu à Justiça as quebras de sigilos telefônicos e e-mails de assessores de Flávio Bolsonaro.

O chefe de gabinete do hoje senador, Miguel Ângelo Braga Grillo, o advogado Victor Granado Alves e a ex-tesoureira de campanha Valdenice de Oliveira Meliga estariam entre os alvos.

Trata-se da investigação que apura suposto vazamento da Operação Furna da Onça, às vésperas das eleições de 2018, que atingiu Fabrício Queiroz, amigo da família Bolsonaro e faz-tudo de Flávio.

Com o pedido de quebras de sigilos, o MPF quer ter acesso aos registros de localização dos sinais dos celulares usados por esses assessores na época.

Comentários

  • Orlando -

    Toda a família está atolada até o pescoço em falcatruas e lamentavelmente pouca gente sabia disso antes das eleições.

  • Claudio -

    Haja encheção de saco!

  • Marcio -

    Infelizmente estávamos numa incrusilhada. Jamais votar na bandidagem do PT e caímos nos mentirosos Bolsolula.

Ler 57 comentários