PF PEDIU PREVENTIVA DE PALOCCI

A PF pediu a prisão preventiva de Antonio Palocci, alegando “risco à ordem pública”, mas Sérgio Moro optou pela prisão temporária. Segundo o juiz, “o contexto não é de envolvimento episódico em crimes de corrupção e de lavagem de dinheiro, mas do recebimento sistemático de propinas”.

“Não se pode olvidar a gravidade em concreto dos crimes em apuração, com fundada suspeita de que pelo menos cento e vinte e oito milhões de reais tenham sido repassados, por meios fraudulentos sofisticados, como propina a Antonio Palocci Filho e ao seu grupo político.”

Faça o primeiro comentário