MPF quer penas mais duras na Zelotes

O MPF pediu à Justiça Federal de Brasília que aumente as penas aplicadas a noves pessoas condenadas na Operação Zelotes. Em recurso, noticia o G1, procuradores alegam que o juiz responsável pelo caso na primeira instância desconsiderou vários pontos da denúncia.

Um das medidas é converter a condenação por associação criminosa (com penas de um e três anos de prisão) por prática de organização criminosa (cuja pena pode ser de até oito anos).

O MPF também volta a pedir que os condenados sejam obrigados a devolver R$ 879,5 milhões aos cofres públicos.

A Zelotes investigou um grupo de empresários e advogados que influenciaram na aprovação de MPs em benefício de montadoras de veículos, durante os governos de Lula e Dilma.

Faça o primeiro comentário