ACESSE

MPF quer retratação pública de Weintraub

Telegram

A subprocuradora Deborah Duprat e o procurador da República Enrico Rodrigues de Freitas avisaram Abraham Weintraub que o Ministério Público Federal vai tomar as “medidas judiciais cabíveis”, se o MEC não fizer uma retratação pública em relação à nota, divulgada no dia 30, na qual o ministro desautorizou professores a convocar manifestações.

Modelo que já tem base legal pode ser o caminho para destravar universidades. CONFIRA

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 220 comentários