MPF quer saber a origem de R$ 29 milhões do herdeiro da OAS

O MPF quer saber de onde veio o dinheiro que pagou a fiança de R$ 28,9 milhões que permitiu que César Mata Pires Filho, herdeiro da OAS, saísse da prisão, informa a Folha.

O empreiteiro se entregou à PF na madrugada de segunda-feira (26), na Operação Sem Fundos, fase da Lava Jato que investiga fraudes e corrupção na construção da Torre Pituba, sede da Petrobras na Bahia.

O depósito dos R$ 28,9 milhões foi feito na terça (4). A Procuradoria pediu informações à defesa de Mata Pires Filho porque as contas do empreiteiro haviam sido bloqueadas pela Justiça e não tinham saldo suficiente para o pagamento da fiança.

Comentários

  • Maria -

    Tem que investigar o de Palocci também

  • alfredo -

    fico confuso.determinam valores de fiança(e aceitam, não no caso) muito acima da possibilidade de ter condições.recebem os valores e não contestam a possibilidade de ser de propina??????

  • Marcelo -

    Como paga 29.000.000,00? Pagou em malas de dinheiro, estacionou um carro forte na porta da justiça, fez transferência, pagou na boca do caixa, emprestou, fez vaquinha? Não deve ser difícil descobr

Ler 38 comentários