MPF rastreia pagamentos de R$ 8,3 milhões para Arlindo Chinaglia

Perícia do Ministério Público Federal concluída em fevereiro nos sistemas da Odebrecht encontrou registros de pagamentos que somam R$ 8,35 milhões para o deputado Arlindo Chignalia, entre 2008 e 2014.

Em novembro de 2018, como mostrou O Antagonista, a Polícia Federal já havia rastreado repasses de R$ 1,5 milhão, entregues em espécie a emissários do petista em hotéis.

O dinheiro era parte de uma propina de R$ 10 milhões prometida ao deputado para viabilizar a contratação da empreiteira para obras nas hidrelétricas de Santo Antônio e Jirau.

Agora, vasculhando os sistemas Drousys e MyWebDay, o MPF encontrou novos pagamentos, que confirmam os relatos iniciais feitos por delatores.

“Os pagamentos foram divididos da seguinte forma: R$ 500 mil no ano de 2008; R$ 1,54 milhão no ano de 2009; R$ 1,3 milhão no ano de 2010; R$ 450 mil no ano de 2011; R$ 2,56 milhão no ano de 2012; e outros R$ 2,0 milhões no ano de 2014”, registra o MPF em novo laudo.

As entregas para “Grisalho”, como Arlindo era conhecido pelos executivos, eram feitos mediante senhas como “Botafogo”, “Veludo”, “Pedregulho”, “Framboesa”, “Mandioca”, “Panqueca”, “Sorvete”, “Melão”, “Sapoti”, “Loreal”, “Águia”, “Marola”, “Aquário”, “Mosquito”, “Caju”, “Castanha”, “Rocambole”, “Fumaça”, “Piscina”, “Goiaba”, “Pandeiro”, “Funil”, “Cigarro”, “Perdiz”, “Cenoura”, “Canivete”, “Atum”, “Tamborim”, “Melancia” e “Encomenda”.

Comentários

  • ana -

    E aí, leitores? Perceberam que a petralhada sumiu dos comentários??? Há um número inimaginável que só entra aqui para atacar o Presidente.

  • Jacksonvilliam -

    Essa corja de apelidados com certeza integram a lista dos 133 do Alexandre de Moraes do STF.

  • ALEXANDRE -

    Nenhum deputado do PT vai a tribuna para denunciar mais esta sacanagem? Mais dinheiro desviado e o PT não fala nada? Ah, importante é o embaixador nos EUA. Tá bom.

Ler 34 comentários