MPF também pede 'providências' sobre participação de Bretas em eventos com Crivella e Bolsonaro

Além da OAB, o Ministério Público Federal pediu ao corregedor da Justiça Federal no Rio apuração sobre a conduta de Marcelo Bretas por ter participado de inauguração de obra pública e show evangélico ao lado de Marcelo Crivella e Jair Bolsonaro.

“A presença do Magistrado, cuja figura hoje é pública, transcende o aspecto puramente pessoal, já que traz consigo a imagem de todo o poder judiciário”, afirma o pedido.

Para o órgão, a presença do juiz “pode fazer transparecer, erroneamente, que estaria representando todo o poder judiciário federal fluminense”.

Basta de atritos com Bolsonaro. LEIA AQUI

Mais cedo, o CNJ determinou uma apuração — quer saber se houve “atos de caráter político-partidário” e de “superexposição e promoção”.

CNJ determina que TRF2 apure participação de Bretas em eventos com Bolsonaro e Crivella

Comentários

  • Valter -

    A OAB e o MP teriam que sofrer uma limpeza geral ....eliminar esses vermes esquerdalhas que estão encrustados como parasitas e se tornarem novamente uma OAB representativa e imparcial, um MP sem ideo

  • Resiliente -

    Toffoli, presidente do STF - Somos Todo Fdp's - se reúne diariamente com o pior da classe política, abriu um inquérito ilegal, conduzido de forma ditatorial, mas o problema é o Bretas, que por ac

  • Wanderlei -

    Todo apoio ao juiz Bretas!

Ler 41 comentários