Mr. 1%

Luciano Coutinho tem de ser condenado pela Lava Jato.

Além do depoimento de Ricardo Pessoa, que o acusou de ter pressionado a UTC a pagar propina para a campanha de Dilma Rousseff, ele foi denunciado também por Flávio Gomes Machado Filho, executivo da Andrade Gutierrez interrogado ontem pelo juiz Sérgio Moro.

Como disse o Estadão, ele “relatou que a empreiteira pagou propina ao PT sobre obras na Venezuela financiadas pelo BNDES. O empresário declarou que o pagamento foi feito por meio de ‘doações oficiais’.

Os valores estariam dentro de uma exigência de 1% de propina feita em 2008 pelo então presidente do PT, Ricardo Berzoini”.

Faça o primeiro comentário