Mudanças em ICMS podem esvaziar reforma tributária, temem deputados

Mudanças em ICMS podem esvaziar reforma tributária, temem deputados
Foto: Adriano Machado/Crusoé

Integrantes da comissão mista de reforma tributária na Câmara e Senado temem que eventuais mudanças feitas pelo executivo de forma pontual em alguns impostos possam esvaziar a proposta de uma reforma mais ampla.

Hoje (5), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o governo estuda enviar um projeto de lei para estabelecer um valor fixo de ICMS sobre combustíveis. A ideia seria dar mais previsibilidade no preço dos combustíveis e atenuar a insatisfação de caminhoneiros, integrantes da base de apoio do presidente.

Para os integrantes da comissão, caso essa mudança seja aprovada, o receio é que propostas relacionadas a outros impostos sejam enviadas ao Congresso. E assim, a reforma passaria a ser aprovada a conta-gotas. “Você precisa fazer uma reforma de forma global”, defendeu o deputado Hildo Rocha (MDB). “O próprio presidente percebe que não há interesse real na reforma tributária”, complementou Luís Miranda (DEM).

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que tem coragem de fiscalizar TODOS os poderes
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO