“Muitas pernas tremem”

Em seu discurso há pouco em evento da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (Enccla), Rodrigo Janot também afirmou que, quando várias instituições se unem no combate à corrupção, “muitas pernas tremem”.

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 23 comentários
  1. O JANOT está concluindo suas aulas e fazendo um resumo para seus seguidores da PGR e colegas do STF, lembrando a eles que “SEM TREMER” ninguém estará a altura dos cargos da PGR e STF!
    E quanto MAIS TREMER, MELHOR, conclui JANOT, que despede-se batendo queixo sem parar, numa TREMEDEIRA EXEMPLAR!

  2. Rodrigo Janot é um fanfarrão! Gosta e se vale da mídia para exercer pressão em favor de seus interesses, que não são republicanos com já sabemos.
    As razões para a prisão ‘preventiva’ de Marcelo Miller estavam claras e o PGR não as evidencia em seu pedido de provisória. E, em seu favor, o ministro Fachin não essa autorizou. Porque o ex-braço direito de Janot estaria disposto a contar o que sabe! E não é pouco!
    As pernas do PGR estão tremendo!

  3. Falar como Joesley, para Janot, para isso é coisa de menino, vim falar que sentou com advogado de defesa do ex bandido por educação durante 20 min, é fazer o povo de palhaço, na verdade todos etão querendo uma fatia do dinheiro que pegaram do BNDES, Caixa e por aí vai, só falta o PCC e CV entrar nessa briga. Problema do Brasil é o Poder Judiciário que não cumpre o seu papel, são extremamene corporativistas, arrogantes se acham proprietário da justiça, cega, surda e burra, que sempre tarta e por isso é falha.