Muito corpo para pouco IML

O IML de Manaus tem capacidade para receber 20 cadáveres: ontem, chegaram por lá 60 de uma vez só, ou seja, três vez mais.

A demora na identificação dos corpos dos presos — além do fato de muitos deles estarem esquartejados e decapitados — é outro ponto que diz muito sobre o Brasil atual — leia mais aqui.

Faça o primeiro comentário