“Muitos casos denunciados contra João de Deus, se comprovados, estão prescritos”

A senadora Simone Tebet usou o Twitter para defender a aprovação de uma PEC que torna o crime de estupro imprescritível.

“PEC, relatada por mim, torna estupro crime imprescritível. Muitos casos denunciados contra João de Deus, e contra outros, se comprovados, estão prescritos. Cruel, injusto. Senado já fez sua parte. Câmara precisa votar em fevereiro, após fim da intervenção Federal no RJ e em RR.”

Até o general Hamilton Mourão já comentou a história do ex-motorista de Flávio Bolsonaro CONFIRA AGORA

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 54 comentários
  1. Interessante comentar que, mesmo assim, os crimes de João de Deus continuarão prescritos pois lei não retroage. Passa a valer para os crimes cometidos da data de aprovação para frente.

  2. A maioria das mulheres q estão denunciando tem mais de quarenta anos,q poder é este q este homem tinha? Q tiro foi este ? A mesma mídia q o idolatrou deveria pedir perdão para as vítimas.Bebinha.

    1. No mínimo ele passou o billau na mulher de um poderoso das Comunicações. Poe isso a casa dele caiu. Caso contrário, ninguém ia dar bola para reclamações de mulheres comuns.

  3. Todo crime deveria ser imprescritível e instaurar a pena de morte, visto que criminoso cumpre pena mas não se regenera, quase sempre volta ao crime, novamente a sociedade volta a sustenta-lo preso.

  4. Todos crimes de alto potencial agressivo e da corrupção devem ter a penalidade imprescritível. Tem que acabar com essa história de ficar fazendo leis dividindo a sociedade em grupinhos.

  5. Até porque é muito, mas muito difícil a vítima criar coragem de denunciar. Às vezes, passam-se muitos anos até que se recupere, se é que isso é possível, e sinta forças para pedir justiça.

    1. Só quem já foi vítima de estupro sabe o que é conviver com esse fardo de sofrimento. É medo que imobiliza na hora e pro resto da vida. É ter que conviver com um sofrimento que não tem fim.

  6. Embora possam estar prescritos, esses que são alguns dos mais de 300 relatos oferecidos até agora vão ajudar a firmar a convicção de culpa. Não resultarão em penas, mas ajudarão a condenar.