Mulher de Eduardo Cunha é condenada a 2 anos e 6 de meses de cadeia

O desembargador do TRF-4 Victor Laus apresentou seu voto-vista em sessão nesta tarde, condenando a jornalista Cláudia Cruz a 2 anos e 6 meses de cadeia pelo crime de evasão de divisas no caso em que era acusada de usar dinheiro de propina paga ao marido, Eduardo Cunha, para fazer compras em lojas de luxo.

Ainda cabe recurso da decisão.

Vale lembrar que, em maio do ano passado, o juiz Sergio Moro absolveu Cláudia.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. Então Srs Jornalistas: tem quem ainda defenda a “imparcialidade” do Exmo Moro…
    Cunha avisou: se tocarem em minha mulher a casa DESABARÀ, NÃO sobrará pedra sobre pedra, porque entregarei TODOS e aí a República ETC ETC cairá!!!!! rsrsrs…

Ler mais 29 comentários
  1. Então Srs Jornalistas: tem quem ainda defenda a “imparcialidade” do Exmo Moro…
    Cunha avisou: se tocarem em minha mulher a casa DESABARÀ, NÃO sobrará pedra sobre pedra, porque entregarei TODOS e aí a República ETC ETC cairá!!!!! rsrsrs…

  2. Sabia… não sabia…
    Sabia… não sabia…
    Me parece que a pena é um alerta severo as mulheres que servem de bengala para alguns senhores de vida duvidosa :
    – Se não sabia… pelo menos deveria ter desconfiado…
    -SE LIGUEM CIDADÃS DESTE BRASIL… ou cana à vista…
    Recado dos rapazes do TRF4 !

  3. só isso ?! …mulher ciente e envolvida na organização criminosa na lavagem de dinheiro oriundo de corrupção e só isso ?!
    Brasil, o paraíso da corrupção !! …aqui o crime compensa, vide José Dirceu e família, a família de lula, a mulher de Sergio Cabral, todos ainda muito ricos e impunes…

  4. Então quando um marido te der dinheiro para fazer compras você tem de exigir dele o comprovante da origem do $. Ela não trabalhava? Ela não tinha o dinheiro dela? Isso é justiça…