Mulher de lobista da Zelotes em cana

Cristina Marcondes, mulher e sócia do lobista Mauro Marcondes, perdeu o direito à prisão domiciliar por decisão do juiz Vallisney de Souza Oliveira. Ela alegava problemas de saúde após ter realizado uma cirurgia.

Cristina e Mauro foram presos pela Operação Zelotes por suspeita de pagamento de propinas para a aprovação de medidas provisórias. O casal repassou R$ 2,5 milhões a Luís Cláudio Lula da Silva, o Luleco.

A lobista foi levada hoje à tarde para a superintendência da PF em São Paulo e será transferida para Brasília amanhã.