ACESSE

Mulher de Queiroz deve se apresentar hoje à Justiça

Telegram

Márcia de Oliveira Aguiar, mulher de Fabrício Queiroz, foragida desde junho, deverá se apresentar hoje à Justiça, segundo apurou O Antagonista.

Queiroz, por sua vez, deve sair da presídio ainda hoje. Os dois vão permanecer em prisão domiciliar, num endereço no bairro da Taquara, no Rio de Janeiro.

Na decisão de ontem que converteu a prisão preventiva em domiciliar, o presidente do STJ, João Otávio de Noronha, entendeu que Márcia deve ficar fora da cadeia para cuidar de Queiroz, que enfrenta um câncer e é do grupo de risco da Covid-19.

Os dois não poderão usar telefones nem manter contato com outros investigados pelo esquema de rachadinha no antigo gabinete de Flávio Bolsonaro na Alerj. Serão monitorados por tornozeleira e deverão permitir acesso constante da polícia na residência.

Queiroz foi preso no dia 18 de junho em Atibaia (SP), no sítio de Frederick Wassef, então advogado de Jair Bolsonaro. Ao longo do ano passado, Márcia permaneceu no Rio, mas visitou o marido diversas vezes no esconderijo.

Leia mais: Comprovação do elo entre a Presidência da República e o gabinete do ódio complica Bolsonaro. Clique e leia

Comentários

  • Rafael -

    #WassefGuerreirodoPovoBrasileiro

  • Ana -

    ELA E FORAGIDA !!! ridiculo argumento de cuidar do marido

  • Maria -

    Terá alguém para perguntar à senhora , aonde ela se hospedou?

Ler 62 comentários