Mulher de Toffoli advoga em processo no TSE para reabilitar a UDN

Roberta Rangel, mulher de Dias Toffoli, está inscrita no TSE como uma das advogadas do processo que busca a reabilitação da União Democrática Nacional.

O partido pede a revogação de atos de 1965 da ditadura que impediram seu funcionamento. O requerente é o advogado Marco Antonio de Vicente Júnior.

No TSE, o nome da legenda, no entanto, é objeto de disputa.

Há um outro pedido em tramitação, proposto por Marcus Alves de Souza, ex-assessor da Casa Civil do Espírito Santo, para obter um novo registro para o partido.

É Souza quem busca aderir a família Bolsonaro à legenda.

Comentários

  • Presidente-XVII -

    Esse partido UDN, se atraísse Jair Bolsonaro, e os que se filiaram, se elegeram, e se reelegeram junto dele, e por causa do apoio dele, em 2018, poderia ter, desde o estatuto, uma série...

  • Carlos -

    Va-dia. Sem vergonha na cara.

  • Wagner -

    Quanto ao primeiro reclamante, primeiro, bom observar que o Partido não existe mais, então, que Partido está pedindo? isso cheira a esquerda tentando aparelhar a idéia de um partido conservador, q

Ler 22 comentários