ACESSE

Mulher de Witzel habilitou escritório um mês antes de contrato com investigados

Telegram

Helena Witzel, mulher do governador Wilson Witzel, habilitou seu escritório de advocacia um mês antes de assinar o contrato com a Bioslab.

Os donos da empresa foram presos na Operação Favorito.

Segundo o UOL, apesar de o escritório ter sido criado oficialmente em março de 2018, a empresa só “passou a estar apta a emitir notas fiscais no dia 28 de junho de 2019 — cerca de um mês antes da assinatura do contrato com a Bioslab”.

Os repasses da Bioslab ao escritório de Helena embasaram os pedidos de busca e apreensão que miraram o Palácio Laranjeiras nesta semana.

Leia também: Centrão: aliado de Bolsonaro, Doria e Witzel

Comentários

  • Heitor -

    Devem se achar...

  • Paulo -

    ALMA PURA, CARIOCA TEM FETICHE POR POLITICO LADRAO, SE BATER MUITO, VIRA, PRESIDENTE, SENADOR, GOVERNADOR, CONTINUEM VOTANDO NESSA GENTE, ESTAO COLHENDO. NA PROXIMA COM BIBLIA DEBAIXO DO BRAÇO.E DAI?

  • Edenilson -

    O dinheiro e propina cegam. Como podem perder a noção do perigo acreditando que ficariam impunes. Cana nos Bolsos Lunáticos do ódio, cana no Witzel. Não tenho bandido de estimação.

Ler 57 comentários