A mulher prioritária para Damares

Telegram

A  nova ministra dos Direitos Humanos, Damares Alves, afirmou que a prioridade na pasta, que cuidará também da família, das mulheres e dos índios, será a “ribeirinha, a mulher pescadora, a mulher catadora de siri, a quebradora de coco”.

“Essas mulheres que estão anônimas e invisíveis e elas virão para o protagonismo nessa pasta”.

Questionada sobre a diferença salarial entre homens e mulheres, disse que, se preciso, vai para a porta das empresas cobrar igualdade.

O "velho Brasil" contra-ataca a Lava Jato e Sergio Moro. Entenda AQUI

“Nenhum homem vai ganhar mais que mulher nesta nação desenvolvendo a mesma função. Isso já é lei e o Ministério Público já está aí para estar fiscalizando. E se depender de mim, vou para a porta da empresa que o funcionário desenvolvendo papel igual ao da mulher está ganhando mais. Acabou isso no Brasil”.

Comentários

  • Antonio -

    Sra Ministra não há luta necessária! É desenvolver programas, criar meios e verificar efeitos para poder encher o peito e dizer: estamos no caminho certo. O resto é querer aparecer como tantos ou

  • Jose -

    A postura típica de sindicalista que essa senhora demonstra, certamente não vai agradar aos empresários. Acreditamos que o comentário de “ IR PARA A PORTA DAS FABRICAS “ ficou no passado petis

  • REVOLTADO -

    Já chegou chegando!

Ler 103 comentários