Munição foi roubada da PF, diz Jungmann

Telegram

Raul Jungmann disse hoje que a munição usada para matar Marielle Franco e Anderson Gomes foi roubada da Polícia Federal há muitos anos, informa O Globo.

Segundo o ministro da Segurança Pública, um dos roubos aconteceu nos Correios da Paraíba e outro foi cometido por um escrivão na Superintendência da PF do Rio, que já responde a inquérito pelo crime.

Jungmann acrescentou que a PF já abriu mais de 50 inquéritos ao longo dos anos em razão da munição desviada –e citou como um dos casos mais rumorosos a chacina em Osasco, em que 23 pessoas foram mortas com balas do mesmo lote.

Comentários

  • MARCO -

    ISSO E UM ABSURDO , MUNIÇÕES DA FORÇA DE SEGURANÇA PÚBLICA VIA CORREIO . QUE TECNOLOGIA AVANÇADA , AGORA SÓ PEDIR VIA SEDEX .

  • Hammer -

    O G1 continua dizendo que as balas que mataram Marielle são da polícia. Estão retardando a divulgação da verdade de propósito.

  • estaca -

    Ou seja, o assassino pode ser qualquer um.

Ler 56 comentários