Na dúvida, fique com Barusco, Youssef e Costa

O mochileiro do PT, João Vaccari Neto, não foi denunciado apenas por Pedro Barusco. Nos documentos apresentados pelo Ministério Público, há também os depoimentos de Alberto Youssef e Paulo Roberto Costa, segundo os quais João Vaccari Neto “era o operador responsável por viabilizar, no interesse do Partido dos Trabalhadores, o repasse de propinas decorrentes de contratos firmados pela Petrobras”.

Na dúvida, fique com os companheiros Barusco, Youssef e Costa.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200