Na Flip, Bretas defende ‘pena de morte política’

Marcelo Bretas está em Paraty, participando de um debate sobre corrupção promovido na Flip pelas revistas Época e Vogue.

Para o juiz da Lava Jato, em termos de corrupção, o Rio de Janeiro “seria uma miniatura do que pode estar acontecendo em nível federal”.

Bretas, que condenou Sérgio Cabral por vários crimes, também afirmou que “no caso de administrador corrupto, ele não pode ter uma segunda chance. Se ficar provado que ele fez aquilo, acabou. É como se fosse uma pena de morte política”.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 55 comentários
  1. Perfeito! Isso já deveria ser realidade. Só aqui um Maluf ou um Cabral pode voltar à vida política após “cumprir” a pena. O Brasil é uma piada e está caminhando para o atoleiro se não mudarmos nosso paternalismo doentio.

  2. O país tem que reformular suas leis. Politico corrupto nunca mais poderia candidatar-se. Pena de morte para quem mata. Corrupção é crime hediondo, mata na quantidade ao faltar recursos para a saúde, ou não permite que alguém tenha acesso a educação ou serviços. E Maluf ainda vai para casa na boa. kk

  3. Não sejamos tão complacentes com tudo o que ouve e vê. Pena de morte para corruptos e corruptores e todos os políticos, e criminosos assaltantes que matam por celular. Por bem menos Tiradentes foi para a forca.
    Está na hora de muda Brasil de cima para baixo, limpeza geral.

  4. As pessoas com o mínimo de consciência pública concordam com esse posicionamento do Magistrado Bretas. O dirigente público não pode alegar DESCONHECIMENTO de “desvios” praticados por seus subordinados como está tentando o ex-governador de São Paulo, o Sr. Geraldo Alkmin.

  5. Sempre achei isso. Que bom que alguém com “voz” teve a coragem de dizer isso. Renovação na politica só haverá se tivermos mecanismos pra tirar os canalhas, limitar o Numero de pessoas da mesma família e limitar por idade a permanência em cargos políticos coMo já é no serviço público.

  6. O ocupante de cargo público, eleito ou não, ao se envolver com a Justiça, deve ser afastado sumariamente sem remuneração, até a conclusão do processo. Como está hoje, é um estímulo ao crime.

  7. ESTOU DE PLENO ACORDO COM O DR.MARCELO BRETAS, POLÍTICO CORRUPTO E LADRÃO É A PIOR PRAGA QUE INFESTAS UM PAÍS, TEM QUE SER DEFINITIVAMENTE ELIMINADO PRESO E TER OS BENS AMEALHADOS CONFISCADOS.

  8. Político corrupto é o bandido mais covarde que existe. Se vale de posições que ocupa no poder para roubar. E roubar dinheiro público, dinheiro que deve ser usado para o bem daqueles que o gerou, o trabalhador, o contribuinte. O canalha que assim se comporta deve sim, ser excluido da política.

  9. BOM, CONHEÇO POUCO SOBRE O JUIZ BRETAS MAS POLÍTICO LADRÃO TEM DE PERDER TODO SEU PATRIMÔNIO, PAGAR NA CADEIA, SEM NENHUM PERDÃO. É SIM, MORTE POLÍTICA SIM. NÃO É PERDA DE DIREITOS POLÍTICOS POR 8 ANOS, É PRA SEMPRE. POLÍTICO LADRÃO, NÃO PODE TER PERDÃO. SEGUNDA INSTÂNCIA, É CADEIA IMEDIATA.

  10. Muito boa proposta! Alternativamente, poderia ser dada uma pena máxima de 30 anos de perda dos direitos políticos a qualquer corrupto, apenas para ficar alinhado com o que diz a Constituição (artigo 5º, XLVII, b ), sem direito a condicional. Qualquer um que fique 30 anos longe da política está morto

  11. Pois é, se o STF quer o bem do Brasil, seus Ministros têm de decretar, imediatamente, a pena de morte política do ladrão, Lula da Silva, já condenado e encarcerado por corrupção e lavagem de dinheiro, além de estar indiciado e processado em vários outros procedimentos criminais.

  12. – Bolsonaro tenta emplacar 4º filho na carreira política
    Estimulado pelo pai, o quinto filho de Bolsonaro, de apenas 19 anos, vai tentar carreira política:
    https://www.google.com/amp/s/oglobo.globo.com/brasil/aos-19-anos-mais-um-filho-de-bolsonaro-se-aproxima-da-politica-22363355%3fversao=amp

  13. Na minha opinião a pena para corrupção de dinheiro público deveria ser 30 anos e sem beneficios 1/6 e 1/3 deveria cumprir a pena toda em regime fechado, afinal o crime é de roubo de milhões de pessoas é só multiplicar a pena pela quantidade de pessoas lesadas.

  14. Pena de Morte Política seria uma boa opção
    Mas o político já fica inelegível por 8 anos, já existe punição (menos a DILMA)
    Além do mais o político precisa passar pelo crivo do POVO para voltar
    Essa seria uma solução perfeita para EMPRESAS envolvidas em corrupção
    Nunca mais participar de licitação

  15. Pena de morte política? É pouco para quem rouba milhões de pessoas e instituições de saúde e provoca a morte de centenas. Teria que ser PENA DE MORTE NA CADEIRA ELÉTRICA.

  16. pena que o povinho não tendo noção do jogo e sem querer aprender, não da retaguarda pra esses meia duzia de coitados tentando fazer a coisa certa!
    pobre pais com um povo desses!

  17. DEMOROU ISSO.
    DEVERIA PERDER MANDATO AUTOMATICAMENTE, E PENA DE MORTE NA POLITICA E PARA QUALQUER VAGA NO SETOR PÚBLICO NAS TRÊS PODERES. ( NÃO PODERIA MAIS SER FUNCIONÁRIO PÚBLICO)

  18. Nossa, pq é tão difícil de entender isso? A política, como tudo nesse país (exceto o carnaval) é banalizada. Políticos condenados por improbidades ou corrupção deveriam ter os direitos políticos cassados para sempre. E os investigados deveriam deixar o cargo enquanto a investigação acontece.

  19. Concordo, político condenado por corrupção não deveria ter segunda chance não carreira política. Já que o povo não aprende a votar seria muito bom que tivesse essa restrição, o problema é que eles jamais votariam para aprovar uma emenda, máxi sociedades deveria se mobilizar para isso.

  20. Tinha ser pena de morte mesmo, quantas pessoas eles mataram indiretamente nos hospitais, ou por falta de atendimento, segurança, nossa leis são muito fracas, se implantassem pena de morte no Brasil nesses casos, seriamos uma potencia mundial, cadeia é muito pouco, ficam presos 3 anos estão soltos.