“Na lista fechada, proteger um corrupto custará a derrota do partido inteiro”

O cientista político Cláudio Couto, da FGV, resumiu ao G1 a armadilha em que os partidos cairão, se aprovarem o sistema de lista fechada para proteger seus corruptos de estimação:

“Pode ser um tiro no pé porque se um partido tentar proteger algum político, colocando esse político que tem enrosco com a Justiça dentro de uma lista partidária, de modo a garantir que ele seja eleito mesmo com os seus problemas, esse cara vai contaminar a lista inteira. Ou seja, o partido pode estar, na realidade, produzindo uma derrota coletiva por causa de um único nome.”

Faça o primeiro comentário