Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Na presença de dirigentes de vários partidos, Barroso abre código-fonte das urnas eletrônicas

Presidente do TSE também anunciou os integrantes de uma comissão de transparência que vai acompanhar cada passo do processo eleitoral de 2022
Na presença de dirigentes de vários partidos, Barroso abre código-fonte das urnas eletrônicas
Foto: Nelson Jr./SCO/STF

Após as urnas eletrônicas virarem alvo de ataques de Jair Bolsonaro, o Tribunal Superior Eleitoral abriu nesta segunda-feira (4) os códigos-fonte das urnas eletrônicas que serão usadas nas eleições 2022.

Luís Roberto Barroso, presidente da corte eleitoral, disse que “não há segredo e é o sistema que elegeu todos os parlamentares e temos uma obsessiva preocupação em tornar o sistema transparente”.

O evento para divulgar essas informações ocorreria somente em abril do ano que vem, mas a antecipação foi uma decisão de Barroso no sentido de dar mais tempo para as entidades interessadas em inspecionar o sistema eletrônico de votação.

Código-fonte é um conjunto de linhas de programação de um software, com as instruções para o devido funcionamento do sistema.

“Abrir o código-fonte é colocar à disposição para fiscalizarem e participarem do desenvolvimento do programa. O ideal é que o Parlamento indicasse técnicos para acompanhar cada passo do processo”, afirmou Barroso.

Participaram do evento no TSE dirigentes e representantes de diversos partidos, como PP, PRTB, PSD, PSDB, PSL, Solidariedade, Cidadania, PT, PV, Rede, Avante, MDB, Novo, PCdoB, Psol e Republicanos.

Barroso anunciou os integrantes da comissão que vai acompanhar cada passo do processo eleitoral:

  • Senador Antonio Anastasia (Congresso)
  • Benjamin Ziller (TCU)
  • Garcia Portela (Forças Armadas)
  • Cristiana Nepomuceno (OAB)
  • Paulo César Herman (Polícia Federal)
  • Paulo Gonet (PGR)
  • André Luiz de Medeiros Santos (UFPE)
  • Bruno Albertini (USP)
  • Roberto Filho (Unicamp)
  • Ana Carolina (FGV)
  • Ana Cláudia Santana

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO