Nada como um profissional para esculachar o Rio

O Estadão noticia que a PGR vai analisar o caso de Pedro Paulo Carvalho, deputado federal licenciado e secretário do prefeito Eduardo Paes, acusado de bater na sua mulher, Alexandra.

Numa das ocasiões que foram registradas na polícia, o valentão a encheu de sopapos porque ela encontrou roupas íntimas de outra mulher no quarto do casal e, naturalmente, pediu explicações. Pedro Paulo ficou zangado, jogou-a no chão e a agrediu.

Eduardo Paes quer que Pedro Paulo seja prefeito do Rio de Janeiro. Se é para continuar a esculachar a cidade, nada como um profissional.

Faça o primeiro comentário