“Não cabe à Câmara impedir a admissibilidade da denúncia”

O placar do PSDB está em 15 a 7.

O Estadão ouviu 31 deputados do partido (de um total de 46).

“Destes, 15 afirmaram que votarão pela admissibilidade da denúncia da PGR, sete contra e nove se disseram indecisos ou não quiseram opinar”.

Eduardo Barbosa disse claramente:

“Vou votar favoravelmente. Não cabe à Câmara dos Deputados impedir a admissibilidade. O PSDB precisa de uma atitude independente em relação ao governo Temer”.