Não chore, Geddel, o Joesley já vem

Geddel Vieira Lima voltou a chorar, segundo o Jornal Nacional, ao ser interrogado na PF, em Brasília, antes de seguir para a Papuda.

Também perguntou se Joesley Batista havia sido preso.

Calma, Geddel, que o Joesley já vem.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 52 comentários
  1. Esse choro é a certeza da impunidade que não deu certo. A responsabilidade pelas consequências dos seus atos foi riscada à muito do dicionário dessa gente.
    Em essência, são uns covardes.

  2. Esse vagabundo tem que parar com essa choradeira, que bandido é você gedel ???? kct pohha, avisa a esse filho de uma boa mãe que várias mães choram todos os dias pq ve seus filhos morrendo por falta de um atendimento no posto de saúde ( pa ) por que o dinheiro que era para ir para eles vcs roubam . se esse cara chorar na cadeia por favor deeem um corretivo nele por mim.

  3. ESTEJAM VIGILANTES!

    JOESLEY e SAUD foram os principais cabos eleitorais do petista Fachin para o STF. Os 3 petistas são parceiros!
    Espalhem nas redes sociais, porque Fachin tentará livrar a cara de JOESLEY!

  4. Nossos juízes e desembargadores estão muito mole!!!

    1) Geddel chorou antes, juiz Valisney soltou e desembargador Ney Belo deixou em casa, mesmo sem tornozeleira;
    2) Stédile chama Moro de bundã.o e merdinh.a e NADA acontece.

    Continuar assim, acho que o esquema é bem maior do que pensamos!

    1. Agora, com aquela dinheirama que o Brasil inteiro viu, haja “agenda positiva” de Temer… Elsinho, vai funcionar não, fio!

  5. Agora eu entendo de quem veio a inspiração para o Renato Russo, seu colega de escola, escrever:

    Nas favelas, no Senado
    Sujeira pra todo lado
    Ninguém respeita a Constituição
    Mas todos acreditam no futuro da nação

    Que país é esse?
    Que país é esse?
    Que país é esse?

  6. O crocodilo também chora quando está trucidando a sua presa…. agora é “dinheiro pra gediel”, não mais pra dedel. A salvação desse ladrão pode ser o “laxante” lá do STF, o lacto purga.

  7. Oh cabra chorão, esse Geddel Vieira!! Chora não nenê… Chora não nenê!! Esse Geddel Vieira nao é cabra macho sim senhor não. Esse chororô é pelos 51 milhões apreendidos. Quis saber se o Joesley iria fazer companhia a ele, vai sim bebê chorão. É um tremendo cara de pau sem escrúpulos. Não hora de delapidar o erário esse pilantra abria um sorrisão de felicidade mas ao ser pego com as mãos na massa vem com uma desavergonhada cara de choro. Até na prisão o Geddel Vieira age como um político mentiroso e corrupto que o é. É um ator global promovendo seus atos circenses. Ator fajuto desesperado. É, Geddel Vieira, quem te viu e quem te ver hoje, hein chorão!! Vai treinando mais porque ainda está graça sua encenação. Como o xilindró transformar um corrupto em anjinho chorão. Tadinho desse ser repugnante corrupto!! Pede colo ao Michel Temer e Padilha, Pilantra!! Tchau, Ladrão!!!

    1. Quero ver o dia em que o próprio Temer vai passar por isso! Por TODAS as tentativas torpes que ele tem feito pra acabar com a Lava Jato! VAI CHORAR MUITO!

  8. Renato Russo, do Legião Urbana, estudou com o Geddel durante o segundo grau. Procurem no Google para saber qual a opinião dele sobre o chorão.
    Ele é um daqueles filhinhos de papai que entraram na política porque não gostam de trabalhar.

    1. E avisa ai que vai ter que pagar até pra respirar ! Safado tem dinheiro no exterior, alooo galera da papupa é pra cobrar pesado .

  9. Uma repórter da Bloomberg disse hoje também no Fatos e Versões que, no momento que a PF chegou para prendê-lo, foi uma aguaceiro só! Fala, Geddel! É difícil ficar numa mesma cela, com mais nove e banho frio… Temer merece sua atenção… Fala! Kkkkkkkk

  10. Que apodreça atrás das grades, o tamanho do assalto desta turma não merece perdão nenhum. Mataram milhares de pessoas, são traidores da pátria.
    Policiais ganham uma miséria enquanto estes inúteis roubam e mandam os recursos para a Suíça ou outro pais picareta e sustentam mais vagabundos.