"Não cometi nada de racismo", se defende Rui Falcão

Telegram

Ex-presidente do PT, o deputado Rui Falcão negou ter tratado com preconceito Hans River do Rio Nascimento, convocado por ele para falar na CPI das Fake News sobre o disparo de mensagens de WhatsApp para a campanha de Jair Bolsonaro.

Nascimento disse que o parlamentar o chamou de “favelado” e ficou “atacado” por ter dito que também fez a campanha do petista. Rui Falcão acusou o depoente de mentir e negou que tenha contratado a Yacows.

“Eu não chamei o depoente de favelado, não o discriminei, perguntei onde morava. ‘Leopoldina do Rio ou de São Paulo? Você conhece outros bairros da periferia onde eu fiz campanha?’ Eu imaginei que ele tivesse feito campanha para mim votando. Não fiz campanha com a Yacows, não cometi nada de racismo”, disse Falcão.

COMO ELE VIROU O VICE QUE BOLSONARO QUER. Saiba mais

Em 2018, PT e outros partidos de oposição acusaram a campanha de Jair Bolsonaro de abuso de poder econômico e utilização indevida meios de comunicação social, pelo disparo em massa, supostamente bancado por empresários, de mensagens com propaganda eleitoral.

Comentários

  • Valério -

    Uma vez petista, sempre PeTralha.

  • Paulo -

    Esse cara ainda existe, vai descansar , gastar o dinheiro que ganhou não enche o saco.

  • O_Gravata_Vermelha -

    Não fui eu ... não fiz nada ... não sabia ... com PTralha é sempre assim.

Ler 76 comentários