“Não convidamos nem o ditador cubano nem o venezuelano. Afinal de contas, é uma festa da democracia”

Em nova live nas redes sociais, Jair Bolsonaro justificou o desconvite a Miguel Díaz-Canel e Nicolás Maduro para a cerimônia de posse.

“Nós não convidamos nem o ditador cubano nem o venezuelano. Afinal de contas, é uma festa da democracia. Lá não existe eleição, quando existe, são suspeitas de fraude. Então, para nós não interessa”, disse o presidente eleito.

Acrescentou que Cuba rompeu unilateralmente o contrato com o Brasil no programa Mais Médicos. Quanto à Venezuela, disse que “a melhor forma de apoiar o povo venezuelano é não convidando o senhor Nicolás Maduro”.

Exclusivo: general Mourão revela novas ameaças a Bolsonaro LEIA AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 43 comentários
  1. Parabens Capitao, precisamos tambem exportar os esquerdopatas que ainda idolatram os paises ditos socialistas e comunistas, ideologia maldita, nao deu certo em nemhum lugar do mundo, imbeciloides!

  2. Desça do palanque, bizonho! Agora é o interesse nacional. Dane-se se o outro lado é uma ditadura. Se fosse um político hábil, manobrava a Venezuela pensando em parcerias futuras…

    1. Esses países que você citou (China, Irã, Arábia Saudita, Turquia, e Rússia) NÃO SÃO democracias, seu “BundaLivre” BABACA ILUDIDO!!!

    2. E a China? E a Arábia Saudita? E o Irã? E a Rússia? E a Turquia? E todos os demais países que manipulam a tal democracia? Bolsonaro é só um bizonho que acha que pode imitar os passos de Trump!

    1. Claro, claro que ele não vai desconvidar, afinal, a retórica anti-Venezuela e anti-Cuba só serve à demagogia!

  3. Eu quero saber como vai criar emprego, Melhorar a saúde e segurança. Como vai fazer crescer a economia e ETC… Fica com essas besteiras de falar dos outros isso não melhora o país em nada.

    1. Ricardo onde falar mal de Venezuela e Cuba faz o Brasil crescer em alguma coisa? O nosso país precisa de parcerias para exportar, Afim de crescer essa deixa pra lá.

    2. Pare com esse mimimi. Se você não consegue resolver esses 2 países, Venezuela e Cuba, que prejudicam o Brasil, não atrapalhe.

  4. Já vi que aqui é uma ditadura desviam dinheiro dos trabalhadores ele mesmo diz que aqui é fraude as urnas. eu quero ver onde essa birra do Presidente vai dar. Não se governa pra si e sim para o po

  5. Essa não cola. Convidou, sim, mas depois desconvidou. E se é para barrar ditadores, então que barre os da China, da Rússia, da Bolívia, da Nicarágua, da Hungria, da Arábia Saudita, etc.

    1. Sua declaração se assemelha à de quem defende não prender um bandido porque há muitos outros soltos. Vamos primeiro lidar com quem está mais próximo e podem nos afetar (ou já afetou) mais faci

    2. Nova. Certo. E os demais ditadores, então? Vão entrar na boa? Só tem postura de machão para Cuba e Venezuela, mas para os outros tem arrêgo? É só uma pergunta.