Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Não dá para dizer que um candidato que tem 8%, 9%, 7%, 6% é a terceira força"

“Não dá para dizer que um candidato que tem 8%, 9%, 7%, 6% é a terceira força”
Reprodução/Lula/YouTube

Cesar Maia, em entrevista à Folha de S. Paulo, disse que o candidato do terceiro bloco precisa ser escolhido antes de julho:

Lula flutua no patamar de 29%. Mas no processo de pré-campanha vem o desgaste. Há toda condição de, surgindo uma terceira força e essa terceira força ascendendo, tanto o Lula quanto o Bolsonaro caírem. As portas estão abertas para uma terceira força. Mas tem que escolher o nome e começar a pré-campanha. Estamos em abril. Julho, tem que ter um nome caminhando. Tem que ter um nome colocado. Não dá para dizer que um candidato que tem 8%, 9%, 7%, 6% é a terceira força. Porque não é.”

Ele excluiu que esse nome possa ser um dos signatários do manifesto democrático:

“Nenhum deles é um alternativa que se possa apresentar como terceira força. Já teria no mínimo 15%, 16%. A cada dia fica mais evidente para mim que o tercius não será um deles. O novo não sairá deles.”

 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO