ACESSE

“Não dá para um veterinário ir para a direção do Dnit”

Telegram

Como registramos mais cedo, o governo de Jair Bolsonaro vetou 40% das indicações políticas feitas até agora para preenchimento de cargos federais.

O ministro-chefe da Secretaria de Governo, general Luiz Eduardo Ramos, disse ao Estadão que o critério de nomeações é “criterioso” e que os parlamentares reclamam.

“De vez em quando há uma chiadinha aqui, outra ali, mas o problema é que alguns indicados não passam. Não dá para um veterinário ir para a direção do Dnit”, afirmou.

Segundo Ramos, 430 nomes foram vetados por não passarem pelo pente-fino do governo.

Toffoli x Gebran. SAIBA MAIS AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 56 comentários