Não dá para confiar

O Estado Islâmico, em uma de suas contas no Twitter, reivindicou a responsabilidade pela queda do avião russo com 224 pessoas a bordo. A Rússia disse que essa informação “não pode ser considerada verídica”.

Não dá para confiar em nenhum dos dois. Mas menos ainda se pode confiar no Estado Islâmico.