“Não deixar prender”

Gritam petistas em uma das saídas do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

Ler mais 7 comentários
  1. Muito parecido com a prisão de traficantes em alguns bairros de diversas cidades brasileiras. Geralmente, as pessoas tacam pedras na polícia, queimam lixo e pneus.