Não deu, Geddel

Geddel Vieira Lima, no mês passado, colocou seu passaporte e seu sigilo bancário à disposição de Edson Fachin.

Não queria ser preso.

Faça o primeiro comentário