Não é crível acreditar em Dirceu

José Dirceu a Sergio Moro, pedindo para ser solto:

“Não é crível que alguém acredite que eu vou fugir ou obstruir a Justiça ou muito menos que sou uma ameaça à ordem pública na situação em que eu estou, preciso sair para trabalhar para sustentar minha filha que tem seis anos de idade.”

Não é crível que alguém acredite em José Dirceu.

Faça o primeiro comentário