“Não é difícil traçar as pegadas do Battisti”

Cesare Battista é considerado foragido há 24 dias.

A ex-deputada ítalo-brasileira Renata Bueno disse a O Antagonista estar ansiosa para ver como o novo governo vai conduzir as buscas ao terrorista italiano.

“Não é difícil traçar as pegadas do Battisti no Brasil. Até mesmo porque todo mundo sabe, mais ou menos, quais são as orientações dele. Há muitos caminhos. Acho que não é difícil [encontrá-lo], se realmente quiserem concentrar esses esforços.”

Eleita em 2013 para o Parlamento italiano, Renata estudou minuciosamente o caso do terrorista.

Será que o novo presidente se dobrará à velha política? Entenda aqui

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 50 comentários
  1. Renata está fazendo a leitura errada. 95% dos italianos com dupla cidadania apoiam Battisti. 99% dos italianos q aki estão vieram fugidos da Itália morrendo de fome ou fugindo da polícia.

  2. Como não é difícil? O cara tá escondido, e protegido por algum petista. Bem tranquilo, recebendo comida e todo necessário só pra sobreviver. Difícil é acreditar que deixaram ele fugir assim. S

    1. Foi eleita por descendentes de italianos e resolveu apoiar o fim da transmissão da cidadania via juris sanguinus. levou pau

  3. A PF é a policia mais incompetente do planeta com excessão da policia francesa, hours concours no quesito incompetencia…só sabem desfilar caminhonetes lustrosas e prender corruptos menores…

  4. Ele morou em Cananeia, logo pode estar em vilarejo caiçara, tem bastante de SC á RN, procurem nos que tem prefeitura PT, pode ser também sitio em GO, MT, TO. Pode procurar sem alarde que bicho foge

    1. Procurem dentro dos Palácios dos Governadores Petralhas: Rio Grande de Norte, Pernambuco, Bahia Ceará, por ai. Vão encontrar.