“Não é minha nem teve meu apoio”

Aguinaldo Ribeiro, líder do PP, disse a O Antagonista que não é dele a emenda da anistia do caixa dois.

“Não é minha, não apresentei nem teve meu apoio, mas eu vi.”

O deputado conta que mostrou o texto à sua equipe jurídica.

Segundo ele, está enganado quem pensa que a emenda poderia facilitar a vida dos corruptos e da turma amedrontada com as delações da Odebrecht.

“Não é isso, não é isso.”

Faça o primeiro comentário