Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

"Não é momento de passeata nem de motociata"

A cardiologista Ludhmila Hajjar publicou um vídeo em que lamenta a marca de meio milhão de mortes por Covid
“Não é momento de passeata nem de motociata”
Foto: Reprodução/Instagram

A cardiologista Ludhmila Hajjar, que chegou a ser cotada para assumir o Ministério da Saúde no lugar do general Eduardo Pazuello, publicou em suas redes sociais um vídeo em que lamenta a marca de meio milhão de mortes por Covid no país.

Na gravação, a médica listou também uma série de erros cometidos pelo ministério desde o início da pandemia.

Erro número um: não houve e não há uma ação centralizada, sistêmica, no sentido de organizar um plano de combate à pandemia da Covid-19. Não há um Ministério da Saúde eficiente, que se preocupe com a vida das pessoas, que centralize numa gestão técnica, numa gestão que modifique a vida das pessoas, que modifique as políticas de saúde pública no nosso país.”

E ainda criticou a politização em torno da Covid: “Essa doença não é da esquerda nem da direita”.

Não é o momento de eleição, não é momento de campanha, não é momento de passeata nem de motociata.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO