"Não é nenhuma Ferrari, mas é um Uno”, diz epidemiologista sobre Coronavac

“Não é nenhuma Ferrari, mas é um Uno”, diz epidemiologista sobre Coronavac
Reprodução/CNN Brasil

A epidemiologista e vice-presidente do Instituto Sabin, Denise Garrett, afirmou que a eficácia da Coronavac, de 50,38%, “é uma proteção boa, pode não ser tão alta, mas já é um bom começo”.

“Não é nenhuma Ferrari, mas é um Uno que vai nos levar ao destino que nós queremos chegar. É uma vacina segura, que pode ser distribuída no Brasil com certa facilidade. E lógico que tem potencial de ter um controle nessa pandemia”, disse, em entrevista à CNN.

Leia mais: O início da vacinação no Reino Unido traz esperança para o mundo e dá a largada para a corrida dos políticos pela vacinação em massa em diferentes países.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 127 comentários
TOPO