"Não é política: é vida, é sobrevivência", diz Barroso

“Não é política: é vida, é sobrevivência”, diz Barroso
Foto: Reprodução

Luís Roberto Barroso, na abertura da sessão do TSE agora há pouco, lamentou os novos recordes de mortes de Covid.

“São quase três mil mortes em apenas 24 horas e um total que já se aproxima dos 300 mil mortos com aumento significativo de óbitos em todas as regiões do país. Precisamos acertar. Não é política: é vida, é sobrevivência”, disse.

O ministro disse que ainda que vivemos um momento em que “todos nós precisamos nos unir, deixarmos a política de lado e termos um compromisso de salvarmos vidas com a ajuda da ciência e dos consensos médicos”.

“Precisamos nos curvar à ciência e às recomendações das entidades médicas mundiais para salvarmos as vidas dos brasileiros que vão, cada vez mais, sendo contabilizados como números, numa desvalorização da vida, como já enfatizamos aqui.”

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO