“Não era um governo, era um negócio”

Jerônimo Goergen, deputado pelo PP do Rio Grande do Sul, resumiu a O Antagonista suas percepções ao ler o depoimento de Marcelo Odebrecht ao TSE publicado com exclusividade neste site:

“Não era um governo, era um negócio.”

Dilma, Lula e o PT, acrescenta o parlamentar, mentiram ao Brasil quando falavam de “um projeto político para construir um país melhor”.

“Não existia ninguém no Palácio do Planalto que não soubesse que se tratava de um projeto de enriquecimento ilícito por meio de uma estrutura maluca.”

Para o deputado, MO tem muito mais a falar: “É só o começo”.