Não esqueça do Cedraz, Janot

Rodrigo Janot estava preparando mais uma de suas flechas antes de deixar a PGR: a denúncia contra Aroldo Cedraz e Raimundo Carreiro.

Mas pisou no freio para dar prioridade a outras que considera “mais importantes”. É um engano, como demonstram os recentes desdobramentos da Operação Abate – que tem até citação a Lula.

9 comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200

  1. Erro nada, é uma estratégia.
    Se tem Lula, Dilma, Toffoli e o PT na apuração, Janot cancela, engaveta, faz de conta que é rol@ e senta em cima do processo.
    Agora, se tiver um conhecido de vista de um parente de quinto grau de Temer, aí ferrou. É tiro, porr@da e bomb@.
    Essa Vovó Mafalda é terrível.
    Não que Temer seja alguma coisa que preste também.

    1. Pois é! Contudo isto, estou providenciando mais bambu para o Janot, para ver se sobra alguma flecha para Lulladrão, Dilmandioca e petralhas, mas ele flechando esta turma do PMDB que é tão ou mais corrupta que a do PT já está de bom tamanho.

  2. Só O Antagonista acreditou no Rodrigo Janot! Todos os antigos leitores perceberam na mesma hora a jogada dele com o PT e depois ainda foram xingados de MAV do Temer, do Elsinho…

  3. É um engano ? Como assim ?
    Elas demonstram que tem até citação a Lula!
    Nada de errado aí! Vai pro fim da fila…
    A Prioridade sempre foi o presidente e a oposição.
    Quem ainda não viu isso ? antagonistas ?
    Faz me rir…