Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

“Não estou aqui para trabalhar muito”, diz novo coordenador da Greenfield

“Não estou aqui para trabalhar muito”, diz novo coordenador da Greenfield
Foto: Divulgação

Nomeado recentemente pelo procurador-geral Augusto Aras, o novo coordenador da Greenfield, Celso Três, enviou um ofício para a PGR sugerindo que ele não deve ser o responsável por apresentar ações na Justiça sobre os crimes e desvios nos fundos de pensão, mas sim os próprios fundos de pensão, publica O Globo.

Afirma ainda que não quer “trabalhar muito“, pede compensações financeiras por ter assumido o caso e ataca a Lava Jato.

Decididamente, não estou aqui para trabalhar muito. Já o fiz na ‘gringolândia'(roça, região italiana do RS) e, chegado a Porto Alegre a bordo do êxodo rural, servido por apetitoso ‘x-mico’(pão e banana) no correr de largo tempo. Ou seja, trabalhei pela sobrevivência, não porque achasse bom. Hoje, quero é jogar futebol“, escreveu.

Como mostrou a Crusoé, Celso Três é um crítico ferrenho da Lava Jato e reproduz o discurso de que os procuradores de Curitiba e o ex-juiz Sergio Moro cometeram abusos para favorecer um projeto político da direita.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO