Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

“Não estou misturando política, Justiça e religião”, diz Bolsonaro, sobre indicação de Mendonça

Presidente afirmou que está trabalhando junto a senadores para que o nome do advogado-geral da União seja aprovado
“Não estou misturando política, Justiça e religião”, diz Bolsonaro, sobre indicação de Mendonça
Foto: Alan Santos/PR

Jair Bolsonaro afirmou há pouco em entrevista à Rádio Grande FM de Dourados (MS) que está trabalhando junto aos senadores para aprovar a indicação de André Mendonça para o Supremo Tribunal Federal (STF).

Como mostramos, uma das missões do futuro ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP-PI), será justamente diminuir resistências em relação ao nome do atual advogado-geral da União.

“Não estou misturando política, justiça e religião. Mas acredito eu, que sou um cristão, que o perfil adequado nesse momento seria esse. Além de eu cumprir um compromisso de campanha. Agora, no fundo, quem bota dentro do Supremo, quem pode botar o André dentro do Supremo, não sou eu. É a sabatina que é feita no Senado. E nós temos trabalhado junto a senadores para aprovar o nome dele. Acredito que tenhamos sucesso na indicação do André”, disse Bolsonaro.

“É uma pessoa equilibrada, jovem, pouco mais de 40 anos de idade, que terá uma sobrevida muito grande dentro do Supremo. Quem conhece o André, se apaixona por ele. Então, é uma pessoa no meu entender, adequada para integrar os quadros do STF. E fiz um pedido para ele, acredite se quiser: eu quero que toda semana, a primeira sessão lá no Supremo, você comece com uma oração. Obviamente ele gostou muito dessa sugestão minha e, de imediato, acolheu”, declarou o presidente da República.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO