"Não existe candidato de laboratório"

“Não existe candidato de laboratório”
Foto: Pedro França/Agência Senado

“O Podemos, que se consolidou como um partido pró-Lava Jato, tenta atrair Sergio Moro e Luciano Huck para suas fileiras”, diz a Crusoé.

“O consenso na sigla é o de que eles representam bem duas bandeiras deixadas de lado nos últimos tempos: o combate à corrupção e a preocupação com as desigualdades sociais.

Principal liderança do Podemos, o senador Álvaro Dias, no entanto, faz um alerta:

‘Não existe candidato de laboratório, não podemos apostar em fórmulas mágicas. Os bons nomes nascem durante o embate e, na minha opinião, é inadequado falar em sucessão agora. Quem antecipar a largada pode se queimar’”.

Leia a reportagem completa aqui.

Leia mais: A verdadeira sabatina de Kassio Marques.
Mais notícias
TOPO