ACESSE

Não fiz arrecadação para o PT enquanto estive no governo, diz Gilberto Carvalho

Telegram

Acompanhe nossas notícias também pelo Google Notícias.

Acesse nossa página no serviço de notícias do Google e clique em SEGUIR ou no ícone

Gilberto Carvalho disse que “absolutamente” não é verdadeira a denúncia de que ele e Lula receberam R$ 6 milhões em propina para favorecer as montadoras na edição da medida provisória 471, em 2009, e em troca o dinheiro serviria para arrecadação ilegal da campanha eleitoral do PT.

Em interrogatório de uma hora, o ex-chefe de gabinete de Lula tentou se apresntar apenas como um organizador de agendas e negou influência em tomadas de decisões da gestão petista. Carvalho ainda negou que tenha recebido propina e afirmou que deixou de arrecadar recursos para o PT quando assumiu o cargo no Palácio do Planalto.

Ele afirmou que estava “profundamente envolvido” com o governo e, portanto, não tinha ciência de questões financeiras do PT.

Ex-amigo de Lula diz que entregou para o petista gravação com pistas sobre assassinato de Celso Daniel. LEIA AQUI

Comentários

  • EDUARDO -

    Que o diga Celso Daniel.

  • Luiz -

    Seis milhões é tão pouco que ele nem lembra.

  • Jose -

    Partindo de petista sem crédito, alguém da crédito a bandidos

Ler 47 comentários