Não foi caixa 2, excelência

“Foi caixa 2 mesmo, excelência.”

Dona Xepa, interrogada pelo juiz Sergio Moro, confessou ter mentido em seu primeiro depoimento à PF.

Mas ela continua mentindo.

Os 4,5 milhões de dólares que ela e João Santana receberam de Zwi Skornicki para a campanha de Dilma Rousseff referem-se ao pagamento de propina.

Dona Xepa e Feira precisam dizer a verdade. Caso contrário, sua excelência vai condená-los a 30 anos de cadeia.

Faça o primeiro comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

1200