Não foi possível concluir que houve fraude

Amanhã, o PSDB divulgará o relatório final da auditoria que mandou fazer no sistema de urnas eletrônicas.

O relatório afirmará que não foi possível concluir que houve fraude nas eleições no ano passado, mas também dirá que, como o sistema não é imune a manipulações, é inconcebível que ele não permita recontagem de votos — uma possibilidade essencial para o exercício da democracia. Ou seja, é preciso que o voto eletrônico seja acompanhado de uma cópia impressa, a ser depositada pelo eleitor numa urna de verdade.

O Antagonista é pela volta do voto em papel.

Faça o primeiro comentário