"Não há como manter uma tradição de voto secreto"

Mais um senador promete, no início da sessão que elegerá o novo presidente do Senado, pedir a votação aberta — leia também.

Carlos Viana (PHS), que desbancou Dilma Rousseff e conquistou uma vaga pelo PHS de Minas Gerais, disse a O Antagonista que a votação secreta não faz sentido.

“Vou pedir para que o presidente da sessão abra o voto. A população pede a transparência dos políticos: esse é o recado das ruas. Não há como manter uma tradição de voto secreto em um momento político como o que estamos vivendo.”

Comentários

  • REVOLTADO -

    Assinem petição na Change.org

  • Luiz -

    Sabia que não me arrependeria do voto nesse senador, parece que ele é mudança já o outro eleito por Minas é novo mas é mais do mesmo.

  • Álvaro -

    Está certo ele!

Ler 45 comentários