Moro: “Não há pretensão salvacionista”

Respondendo a Wadih Damous, Sérgio Moro disse que a Câmara precisa dar uma resposta, mostrar que está do lado da sociedade.

Ele ressaltou que “milhões foram às ruas com várias bandeiras, nenhuma delas defendia a corrupção”.

Comentou ainda que o projeto das ’10 Medidas’ não tem “pretensão salvacionista”.

“Os procuradores não são profetas, tampouco eu. São medidas propostas humildemente ao Parlamento para que haja uma deliberação. Não existe solução mágica, mas é meu dever estar aqui.”

Faça o primeiro comentário